Homepage Mercado Eventos Segurança Iluminação Audiovisuais DigitalSignage Energia Infraestrutura IoT & Redes Controlo Agenda Directório Links Úteis


 
IoT & Redes   Ericsson lança serviços de rede para massificação da IoT
Ericsson complementa as suas ofertas IoT com um conjunto completo de serviços de rede para permitir aos operadores uma implementação e a operação mais eficientes de grandes volumes de equipamentos IoT. 20-07-2017



Numa altura em que as primeiras redes comerciais da Internet of Things estão a ser implementadas, a Ericsson complementa as suas ofertas de software de IoT móvel e de IoT Accelerator com um conjunto completo de serviços de rede. Estes serviços permitem que os operadores consigam endereçar de uma forma mais eficiente a implementação e a operação do grande número equipamentos IoT que está a ser integrado das redes LTE.

Compatíveis com as tecnologias Cat-M1 (também designada como LTE-M) e Narrow Band IoT (NB-IoT), estes serviços incluem o design, a otimização, implementação, operação e gestão da rede IoT. São também suportados pela oferta de Support Services recentemente expandida.

Peter Laurin, responsável máximo pela Business Area Managed Services da Ericsson, diz: “Prevemos que os equipamentos IoT ultrapassem os telefones móveis, como a maior categoria de dispositivos conectados, já em 2018. De acordo com o recente Mobility Report da Ericsson, existirão 18 mil milhões de equipamentos IoT conectados em 2022. Este enorme crescimento exige que o planeamento, o design, a operação e a capacidade de rede sejam alvo de uma abordagem diferente face àquela utilizada nas redes de banda larga móvel tradicionais.”

A Ericsson está ainda a apresentar novos recursos de software de IoT, como é o caso do suporte para Voice over LTE (VoLTE) para Cat-M1. Isto vai permitir aos operadores explorarem novos cenários de utilização onde o suporte de serviços de voz por parte dos equipamentos IoT pode ser vantajoso, abrindo novas oportunidades de expansão dos serviços empresariais para áreas distintas, como a dos painéis de alarmes de segurança, kits de primeiros socorros remotos, wearables, fechaduras digitais, roupas de segurança descartáveis, e outros tipo de aplicações e serviços habilitados para a IoT.

  • Design e otimização de rede: As redes IoT heterogéneas e os diferentes cenários de utilização com distintas necessidades vão requerer uma abordagem diferente em termos de planeamento e design da rede. Para suportar este contexto, a Ericsson avança agora com a avaliação de cenários, modelagem de rede, desenvolvimento de design e análise de desenvolvimento para massificação de rede de IoT.
  • Operação e gestão de rede: Para endereçar as necessidades de uma abordagem adaptada à gestão e operação das redes dos operadores, a Ericsson está a introduzir a aprendizagem automática nos seus Centros de Operações de Rede (NOCs). Estas ferramentas ajudarão os operadores a gerir o custo de distribuição e a adotar uma abordagem proativa em termos de gestão de eventos e de incidentes. Nos testes realizados, 80% de todos os incidentes foram identificados exclusivamente pela solução de aprendizagem automática, sem intervenção humana - e a principal causa de origem foi identificada corretamente em 77% dos casos.

“Os operadores necessitam de parceiros que os ajudem a introduzir as novas tecnologias de uma forma rápida e sem problemas. Isto é especialmente relevante no caso do LTE-M e do NB-IoT. Enquanto melhoramentos do LTE, estes parecem representar a competência central dos operadores," refere Jamie Moss, analista principal da área de Consumer Technology and IoT da Ovum. "No entanto, o LTE-M e o NB-IoT serão usados e terão de funcionar de uma forma totalmente nova. A sua implementação, a forma como o tráfego que geram é tratado e a gestão dos serviços, existem para permitir serviços de rede que oferecem um portfólio abrangente de competências."

"A aprendizagem automática e a inteligência artificial não são apenas chavões, são ferramentas fantásticas e essenciais utilizadas pela Ericsson nas redes, que ajudam os operadores a gerir todos os novos dispositivos que terão de servir no futuro.”

Os serviços de rede e o software da Ericsson que suporta VoLTE nas redes rádio e core já estão já comercialmente disponíveis.

 





+ IoT & Redes
17-11-2017
Solução Indra ajuda a poupar na eletricidade e água em edifícios públicos
03-11-2017
Fujitsu: empresas precisam de planear com a IA em conta
03-11-2017
Novo sistema de Big Data e wearables promete melhorar segurança no trabalho
13-10-2017
Lisboa recebe projeto piloto de mobilidade urbana
15-09-2017
Samsung aposta nos carros autónomos
15-09-2017
IoT melhora a eficiência dos cuidados de saúde
14-09-2017
Schneider Electric lança novas soluções Industry 4.0
+ Visitados
IoT & Redes
Novo sistema de Big Data e wearables promete melhorar segurança no trabalho
IoT & Redes
Solução Indra ajuda a poupar na eletricidade e água em edifícios públicos
Eventos
Cisco em parceria IoT com EVOX Technologies
IoT & Redes
Fujitsu: empresas precisam de planear com a IA em conta
Eventos
Schneider Electric presente na Semana da Reabilitação Urbana
face Twitter rss
    Tópicos   Informações   Contatar   Siga-nos
  Mercado DigitalSignage Para subscrever Contato FaceBook
  Eventos Energia Para anunciar Contact Us Twitter
  Segurança Infraestrutura Privacidade Contacte Feed RSS
  Iluminação Redes Condições de utilização        
  Audiovisuais Controlo            
 
 

Copyright 2014 - 2107 MediaNext Professional Information - Todos os direitos reservados.

Outros Sites do Editor: IT Insight - IT Channel - O JornalDentistry